Dinastia
ÁREA DO ASSOCIADO>>
Facebook

Notícias >

Clipping

Planeje-se no Carnaval para não terminar a folia no vermelho

Planeje-se no Carnaval para não terminar a folia no vermelho

O período de início de ano, juntamente com as férias, é sempre um pouco complicado, principalmente quando se fala de orçamento financeiro, porque os gastos acabam sendo maiores.

Quando a rotina começa a voltar ao normal, chega o Carnaval, trazendo mais despesas com viagens, festas e fantasias. Por isso, deve-se fazer um bom planejamento financeiro para evitar problemas.

De acordo com o educador financeiro Reinaldo Domingo, se a pessoa não parar para fazer as contas, não terá como saber se poderá fazer uma viagem em família ou com os amigos ou se terá que fazer algo mais econômico, como curtir os blocos de rua. Sendo assim, o primeiro passo é fazer um diagnóstico financeiro.
 
Caso esteja com dívidas acumuladas, talvez seja melhor não adquirir mais uma agora. Pesquise e veja uma opção mais barata, como uma festa na cidade. Mesmo assim, tem o custo da roupa, da entrada, das bebidas e comidas. “É preciso tomar cuidado e tentar ao máximo economizar. Se não for cauteloso, há grandes chances de o que era para ser um momento de descontração e alegria, se tornar um longo período de preocupação”, afirma.

Se se encontra em uma situação financeira equilibrada, procure saber minuciosamente o seu orçamento e busque por opções de diversão que caibam no seu bolso, lembrando que há outras contas em paralelo.

Agora, se você já está preparado financeiramente para curtir o Carnaval, veja como economizar para não ficar no vermelho:

1- Dá para economizar em tudo, inclusive na fantasia. Talvez, dê para usar a mesma do ano passado ou pegar uma emprestada com um amigo. Para os mais prendados e criativos, ainda é possível fazer a sua própria, customizando alguma roupa;

2- Cuidado com a bebida alcoólica. Exagerar nesse quesito não fará bem para a sua saúde física e nem para a financeira;

3- Se for viajar, tente prever todas as despesas que terá durante e depois. Claro que outros gastos existirão, mas ter um valor em mente ajuda a não gastar muito mais do que o programado;

4- Se a situação financeira estiver realmente complicada, não desanime. Faça algo mais simples este ano e já comece a se planejar agora mesmo para o próximo. 

Fonte: InfoMoney


Notícias

Fique informado sobre tudo o que acontece na Dinastia.

Downloads

Baixe agora os vídeos e informativos DTKS.

Fale conosco

Dúvidas? Reclamações? Entre em contato.

Depoimentos

É com muita alegria que compartilho a minha trajetória de vida, com os colegas e futuros associados desta respeitada empresa. Nasci em Arroio do Tigre (RS), em 15/10/77, filho de um pequeno agricultor, família extremamente humilde de 12 irmãos. Meu pai abandonou a roça indo para a cidade de Passo Fundo (RS) quando eu tinha em torno de 10 anos. 

Comecei vendendo picolés no verão e lenha no inverno. Mais tarde, passei a ser servente de pedreiro e com 13 anos ingressei no ramo de reparação veicular. Casei aos 17 anos e pouco tempo depois fui demitido do emprego. Trabalhei como jardineiro durante o dia e como taxista à noite. Também fiz algumas viagens auxiliando meu sogro como motorista de caminhão. Atuei um ano como industriário e aos 20 anos de idade (Fev/98) resolvi me aventurar, deixei a esposa com um bebê de 11 meses e parti para Caxias do Sul (RS), onde procurei minha igreja e fui acolhido com moradia e demais necessidades por sete meses, pois havia chegado com duas mudas de roupas e R$ 50,00 no bolso. Trabalhei como empregado por dois anos e em Agosto de 2000, abri meu próprio negócio. No ano de 2005 ampliei a empresa, formando um quadro com 14 funcionários, o qual se mantém até hoje. 

Em maio de 2011 assinei meu contrato com a Dinastia, visualizando os benefícios, pois estava com várias ocupações: família, empresa, faculdade e atividades particulares. Após participar de um evento oficial da empresa, o DTKS Regional, consegui ter a visão ampliada sobre aonde eu poderia chegar com esta proposta. Comecei e com um ano de trabalho cheguei a Antares. Continuamos, e no dia 31/12/13, minha esposa também se qualificou a Antares, fechando minha qualificação a AINSF Delta Red e Omni-Cycle no mesmo dia, totalizando dois anos e sete meses de associação. Tivemos a honra de pegar as três placas no mesmo dia, na FIERGS em Porto Alegre, em 16/02/2014, “Evento Inédito”. 

Para mim, os maiores benefícios desta empresa são as informações sobre Planejamento, Educação Financeira e Crescimento Pessoal, pois para isso, não há preço que pague e o dinheiro é uma consequência do TRABALHO e INFORMAÇÃO. 

Agradeço a Deus pela oportunidade, à minha esposa e filhos Lucas, Letícia e Larissa. Ao Diretor Dilso J. Santos, minha linha ascendente, Kaled Moreira, Tiago Pereira, Marcelo A. Driemeier e Sérgio Bueno da Silva, pelo apoio e exemplo de liderança. Agradeço também aos meus Associados Antares, Elisandra Rodrigues, Andrigo Boff, Darci Pigatto e a todos os associados descendentes. Sucesso a todos e fiquem com Deus.

 
Leia Mais
Pedro Rodrigues e Elisandra Vieira Rodrigues
OMNI-CYCLE
Caxias do Sul (RS)